quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Insurreição


Libido vicioso,
que nos assusta e intimida.
Que desejo curioso.

Nenhum homem nessa vida
é por completo imune
à curta saia colorida.

Vontade que o torna infame,
confuso e sem nexo.
Pro diabo, que se dane,
desinibamos o sexo!

4 comentários:

  1. sim. maldita libido que nos trai, maldita vontade de saciedade q nos segue.

    interessante

    Blog Suicide Virgin

    ResponderExcluir
  2. Muito bom...vou vir aqui com calma ler tuas postagens, mas ja li este e gostei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. ei pierrot ..ta mais pra baco nesse poemito...massa..
    é o q ha de mais natural em nós!!!homens

    ResponderExcluir
  4. Pierrot, me senti em casa no seu blog! Você escreve com intensidade, muito bom. Está realmente imerso, entorpecido pelo poema, doce e dolorida loucura do poeta.
    Saudações poéticas!!

    ResponderExcluir

Queres sussurar algo ao Pierrot? Vá em frente, mas talvez ele esteja demasiadamente imerso na própria loucura para escutar suas palavras sibiladas...